ASPECTOS PSICOLÓGICOS DAS DISFUNÇÕES SEXUAIS

  • Gabriela Silveira Meireles Centro Universitário Governador Ozanam Coelho
Palavras-chave: Sexologia Clínica, Disfunções Sexuais, Aspectos Psicológicos

Resumo

A saúde sexual é cada vez mais importante quando pensamos na longevidade das relações afetivas,
fazendo parte da saúde global dos indivíduos e em sua sensação de bem-estar. Contudo, as disfunções
sexuais têm se feito muito presentes tanto em homens quanto em mulheres. O objetivo deste artigo é descrever a sexologia clínica em seu aspecto histórico para contextualizar as disfunções sexuais para conhecer as principais disfunções masculinas e femininas e compreender os aspectos psicológicos que produzem e/ou mantém as disfunções sexuais. O referencial teórico adotado engloba principalmente as produções científicas dos campos da saúde e da educação, com foco nas pesquisas psicológicas. Os principais autores utilizados nesta pesquisa foram: Abdo (2004, 2006); Abdo e Fleury (2006); Alves (2013); Béjin (1987); Cavalcanti, Serrano e Lopes (2005); Carvalheira e Allen-Gomes (2002); Figueiró (1998); Fonseca, Soares e Vaz (2001); Foucault (2006); Giami (2019); Hall e Instituto Pedagógico de Minas Gerais (2019); Irvine
(2005); Lata e outros (2008); Nobre (2005, 2010); Organização Mundial da Saúde (1993); Russo e outros
(2009, 2011); Russo (2012); Weeks (2002). Os resultados obtidos com esse levantamento acerca do assunto
permitiram concluir que são muitas e variadas as influências psicológicas na produção e/ou manutenção
das disfunções sexuais, de modo que a atuação do psicólogo junto a esses pacientes se faz imprescindível.
Conclui-se, assim, que a psicoterapia focada na sexologia é um recurso fundamental para a promoção da
saúde dos indivíduos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-12-31
Como Citar
Silveira Meireles, G. (2019). ASPECTOS PSICOLÓGICOS DAS DISFUNÇÕES SEXUAIS. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 30(2), 47-54. https://doi.org/10.35919/rbsh.v30i2.90
Seção
Opinativos e de Revisão