Sobre a Revista

  • Foco e Escopo

A Revista Brasileira de Sexualidade Humana (RBSH) é um importante periódico científico, com periodicidade semestral, que torna público e acessível os estudos relacionados à sexualidade realizados por profissionais de diversas áreas do conhecimento. É o órgão oficial de divulgação científica da Sociedade Brasileira de Estudos em Sexualidade Humana (SBRASH). A RBSH foi criada em 1990 para que profissionais associados à SBRASH pudessem contar com um órgão para divulgar pesquisas e opiniões de autores nacionais e estrangeiros. Publicada inicialmente em suporte impresso, em 2008 passa a publicar somente em suporte eletrônico, buscando acompanhar as tendências na comunicação científica. Tem como missão promover acesso a resultados de pesquisas sobre sexualidade tanto para a comunidade científica quanto para o público leigo.

  • Processo de avaliação por pares

A RBSH adota em seu processo editorial a avaliação duplo-cego (double-blind peer review). Após a submissão é realizada uma pré-análise dos originais observando o atendimento às políticas editoriais além da estrutura geral, originalidade, contribuição para o campo e pertinência ao foco/escopo da revista. Em seguida pareceristas são consultados sobre a disponibilidade para avaliação e emissão de pareceres para os quais deverão se manifestar conclusivamente optando por uma das seguintes possibilidades:

  1. Aceito para publicação: se o original for considerado como de interesse por sua solidez científica, originalidade, atualidade ou oportunidade de informação para a Revista Brasileira de Sexualidade Humana, será publicado em um dos próximos números da revista, obedecendo um critério cronológico em relação a outros artigos submetidos.
  2. Aceitação Condicional: caso haja dúvida específica, novos pareceristas, os editores ou outros profissionais associados da SBRASH de reconhecida competência em suas áreas de atuação poderão ser consultados para avaliar o trabalho e, eventualmente, condicionar a publicação a modificações que visam melhorar a clareza, precisão do texto ou adequação das normas para publicação. No caso de necessitar de modificações será realizada uma verificação para saber se o texto revisado atendeu ou não às solicitações dos pareceristas, que podem ser novamente consultados nessa fase. Em seguida, o autor será informado da aceitação, rejeição ou necessidade de mais modificações no texto.
  3. Recusado: nessa hipótese, os autores receberão o parecer do Conselho Editorial com a motivação da recusa.
  • Política de Acesso Livre

A RBSH formaliza a adoção do acesso aberto com o uso da licença Creative Commons atribuição (CC BY 4.0), através da qual o autor, detentor do direito autoral do artigo submetido, autoriza previamente a cópia, a distribuição, a modificação, o donwload e a comercialização por qualquer pessoa, desde que seja devidamente atribuído o crédito aos autores originais. Como detentores dos direitos autorais, os autores apenas cedem à RBSH o direito de primeira publicação. A RBSH recomenda ainda aos autores que depositem as versões pré-print (versão do autor – manuscrito digital) e/ou pós-print (versão de publicação do artigo, ou seja, versão avaliada pelos pares e corrigida pelos autores e o PDF da Revista) de um artigo, conforme indicado pela categoria verde do serviço de informações Diadorim. Artigos previamente submetidos em repositórios de pré-prints são aceitos e considerados originais para publicação.

 

  • Periodicidade

Semestral

  • Preservação Digital

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

  • Declaração de Direito Autoral

Ao submeter um artigo para publicação o autor se responsabiliza publicamente por seu conteúdo respondendo nos termos da legislação que rege os direitos autorais no Brasil, perante a RBSH, perante terceiros e eventuais prejudicados, arcando com todos os ônus decorrentes de plágio, contrafação e outras formas ilegais de reprodução do texto de outrem. A RBSH recomenda que sejam adotados critérios de atribuição de autoria, conforme orienta o White Paper.

  • Taxas de processamento de artigos

    A Revista Brasileira de Sexualidade Humana não cobra nenhuma taxa de processamento de artigo e tampouco pelos manuscritos submetidos para avaliação, revisão, publicação, distribuição ou download.

  • Diretrizes de Boas práticas

A RBSH segue as boas práticas do White Paper, não aceitando condutas antiéticas de qualquer participante do processo editorial. Da parte dos autores, em nenhuma circunstância o plágio, ou qualquer atitude antiética, será admitida. Como parte de sua política, a RBSH utiliza o software CopySpider para verificação de similaridade de textos. É de responsabilidade dos autores a garantia de originalidade do conteúdo dos artigos submetidos, dos quais se espera a submissão a um periódico por vez. Ou seja, o mesmo artigo submetido não deve ser simultâneamente submetido a outros periódicos.

 

Catalogação na publicação

Elaborada por Sandra Batista de Jesus CRB-5/1914