A NECESSIDADE DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO SEXUAL PAIS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM DEFICIÊNCIA

Autores

  • Eduardo Augusto Medici
  • Fernanda Rafaela Cabral Bonato

DOI:

https://doi.org/10.35919/rbsh.v26i2.141

Palavras-chave:

sexualidade, educação sexual, deficiência, necessidades especiais

Resumo

A Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência define pessoas com deficiência como “aquelas que têm impedimentos de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, que podem obstruir a participação plena e efetiva na sociedade”. Tal situação não as impedem de viver a sexualidade, uma vez que esta é vivenciada em seu cotidiano, por meio de suas percepções, fantasias, desejos, relações, atitudes e comportamentos. Contudo, se a sexualidade já é vivenciada com certo tabu, quando esta questão liga temas ‘sexualidade’ e ‘deficiência’, observa-se uma negação desta realidade, o que acarreta grande prejuízo aos indivíduos com deficiência. Método: Foi realizada uma revisão de literatura, em livros e artigos científicos, publicados em bases de dados eletrônicas, por meio da utilização dos descritores: sexualidade; educação sexual; deficiência e necessidades especiais. Resultados: Por meio da revisão de literatura, observa-se que as pessoas com deficiência têm desejos de experimentar o novo e vivenciar a sexualidade de forma segura e consciente. Contudo, a negação deste fato, acarreta a negação deste direito pela sua família e/ou pela sociedade em geral, dificultando e/ou impedindo o acesso à educação sexual, bem como as colocando-as em situações de risco social. Conclusões: A instrução aos pais de pessoas com deficiência diante das questões relacionada à sexualidade assegura a transmissão de conhecimento científico, que possibilita uma abordagem direta, clara e verdadeira de assuntos inerentes a condição humana das pessoas com deficiência, que têm a oportunidade de vivenciar a sexualidade de forma segura, consciente e autônoma.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-23

Como Citar

Augusto Medici, E. ., & Rafaela Cabral Bonato, F. . (2020). A NECESSIDADE DE PROGRAMAS DE EDUCAÇÃO SEXUAL PAIS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM DEFICIÊNCIA. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 26(2). https://doi.org/10.35919/rbsh.v26i2.141

Edição

Seção

Artigos