DESIGUALDADES DE GÊNERO ENTRE ADOLESCENTES DE ACAMPAMENTOS DO MST NO NORTE DO PARANÁ

Autores

  • Luiz Fabiano Zanatta
  • José Roberto da Silva Brêta

DOI:

https://doi.org/10.35919/rbsh.v25i1.168

Palavras-chave:

desigualdades de gênero, adolescentes, MST, representações sociais

Resumo

O estudo tem como objetivo desvelar as representações sociais sobre as desigualdades de gênero entre adolescentes de acampamentos do MST no norte do Paraná. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, alicerçada nos pressupostos das representações sociais, tendo como suporte para as discussões de gênero as concepções do patriarcado. O estudo foi desenvolvido com 18 adolescentes, sendo dez meninos e oito meninas, em dois acampamentos do MST no estado do Paraná. Constata-se que, as representações sociais sobre as desigualdades de gênero são compartilhadas e construídas sócio, histórico e culturalmente. Observa-se a presença de uma ideologia patriarcal, que cobre uma estrutura de poder desigual entre a adolescência do MST, demarcando as assimetrias sobre ser masculino ou feminino, fato que tem modulado comportamentos e práticas sexuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-29

Como Citar

Fabiano Zanatta, L. ., & Roberto da Silva Brêta, J. . (2020). DESIGUALDADES DE GÊNERO ENTRE ADOLESCENTES DE ACAMPAMENTOS DO MST NO NORTE DO PARANÁ. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 25(1). https://doi.org/10.35919/rbsh.v25i1.168

Edição

Seção

Trabalhos de Pesquisa