DIVERSIDADE SEXUAL NA EDUCAÇÃO SUPERIOR

UM ESTUDO DE CASO

  • Maria Anastácia Ribeiro Maia Carbonesi UDF - Centro Universitário do Distrito Federal / Professora e assessora da reitoria
Palavras-chave: Diversidade sexual, População LGBTI, Educação superior

Resumo

Esta pesquisa inova ao focalizar as percepções da diversidade sexual numa instituição de educação superior, com comportamentos de acolhimento, respeito e rejeição em face de jovens e adultos gays e lésbicas. Adotou-se em especial a perspectiva sociológica durkheimeana em um estudo de caso realizado com estudantes de graduação, em diferentes períodos, por meio da análise de conteúdo de entrevistas semiestruturadas em profundidade, com amostra do tipo bola de neve. As(os) participantes revelaram sentimentos de liberdade em ambiente adulto face às agressões de colegas e de professores sofridos na educação básica. Não verificaram bullying ou assédio, mas expressões implícitas de preconceitos de alunas(os) e de raras(os) professoras(es). Pressões sociais foram mais intensamente captadas por gays que lésbicas. A religião institucionalizada e a família constituíram os maiores obstáculos relatados em sua vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-10-17
Como Citar
Ribeiro Maia Carbonesi, M. A. (2020). DIVERSIDADE SEXUAL NA EDUCAÇÃO SUPERIOR: UM ESTUDO DE CASO. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 31(1). https://doi.org/10.35919/rbsh.v31i1.301
Seção
Estudo de Caso