A ARTE ERÓTICA, A FANTASIA E O DESEJO SEXUAL

Autores

  • Amparo Caridade

DOI:

https://doi.org/10.35919/rbsh.v18i1.417

Palavras-chave:

Sexualidade, arte erótica, fantasia, sedução, desejo

Resumo

O sujeito amoroso vive a sexualidade no real de seu corpo e para além dele. Na busca amorosa sexual que faz, ele depara-se com dimensões outras que integram sua experiência humana e sexual: as normas da cultura, o simbólico da linguagem, a sedução, a fantasia, o olhar do outro. Na vivência do prazer, a arte erótica, a fantasia, a sedução o desejo têm lugar central. Nesse movimento de encontrar e partilhar a sexualidade com alguém reafirma- se o quanto se necessita das referências simbólicas que possibilitam transportar nossa experiência para além do real do corpo que somos. A cultura normatiza as vivências sexuais mas também cria condições mais encantadas e fantasiosas aos apelos do desejo humano.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amparo Caridade

Psicóloga. Mestre em Antropologia. Professora Adjunta Universidade Católica de Pernambuco
(UN CAP).Vice-presidente da SBRASH Biênio 2005-2007. 

Downloads

Publicado

2020-09-12

Como Citar

Caridade, A. (2020). A ARTE ERÓTICA, A FANTASIA E O DESEJO SEXUAL. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 18(1). https://doi.org/10.35919/rbsh.v18i1.417

Edição

Seção

TEMA: ORGASMO. PRAZER E NECESSIDADES FEMININAS