ASPECTOS SOCIOEMOCIONAIS ENVOLVIDOS NA TRANSEXUALIDADE

UM ESTUDO DE CASO

  • Roberto Nascimento de Albuquerque Centro Universitário de Brasília - Faculdade de Ciências da Educação e Saúde https://orcid.org/0000-0003-0818-242X
  • Matheus Máximo Centro Universitário de Brasília
Palavras-chave: Transexualidade, Pessoas Trangênero, Cirurgia de Readequação Sexual, Sexualidade, Saúde Mental

Resumo

O processo transexualizador tem sido motivo de diversas discussões, porém não se observa o mesmo espaço para debater sobre isso sob a visão da pessoa transexual. Nesse contexto, o presente trabalho buscou identificar os aspectos socioemocionais envolvidos no processo transexualizador por meio de um estudo de caso. A coleta e análise de dados proporcionaram a elaboração das seguintes unidades de significados: A descoberta da identidade de gênero; O sofrimento; A transfobia; Motivação para o processo transexualizador; O pós-cirúrgico e o futuro. O processo transexualizador deve ser visto como um direito da população transexual e garantido pelo Sistema Único de Saúde. Além disso, transexuais que passam por esse procedimento aumentam sua autoestima, além de diminuirem o sofrimento psíquico que, muitas vezes, acarreta sérios transtornos mentais e, em casos extremos, o suicídio.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Nascimento de Albuquerque, Centro Universitário de Brasília - Faculdade de Ciências da Educação e Saúde

Enfermeiro. Mestre e Doutor em Enfermagem. Professor Assistente do Centro Universit´ário de Brasília (UniCEUB) nas áreas de Relações Humanas, Relações Psicossociais, Saúde Mental.

Matheus Máximo, Centro Universitário de Brasília

Acadêmico de Enfermagem. Centro Universitário de Brasília - UniCEUB

Publicado
2021-03-03
Como Citar
Albuquerque, R. N. de, & Silva, M. M. R. da . (2021). ASPECTOS SOCIOEMOCIONAIS ENVOLVIDOS NA TRANSEXUALIDADE: UM ESTUDO DE CASO. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 31(2). https://doi.org/10.35919/rbsh.v31i2.638
Seção
Trabalhos de Pesquisa