Zoofilia e raiva. Estudo de um caso de infecção pelo rabidovírus, adquirido através de comportamento parafílico

Autores

  • Sérgio José Alves de Almeida
  • Diderot Rodrigues Parreira
  • Naila Alves

DOI:

https://doi.org/10.35919/rbsh.v9i1.711

Resumo

O presente estudo de caso foi realizado na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Em março de 1997, deu entrada no Hospital de Base, paciente mas- culino, 26 anos, trabalhador rural, apresentando como queixa principal dificuldade para engolir há mais ou menos seis dias. O quadro clínico apre- sentava disfagia progressiva, sialorréia abundante, hidrofobia, acrofobia a alterações de comportamento cursando com agressividade a nervosismo. Os dados da avaliação neurológica acrescidos da história sexual (zoofilia) levaram a hipótese diagnóstica de um quadro de raiva. O óbito ocorreu seis dias após a internação, aparecendo edema cerebral de causa não esclareci-da como causa mortis. Amostras enviadas ao Instituto Pasteur onde foi realizado a imunofluorescência direta, tiveram resultados positivos para o antígeno rábico, fechando o diagnóstico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-11-30

Como Citar

Almeida, S. J. A. de, Parreira, D. R., & Alves, N. (2020). Zoofilia e raiva. Estudo de um caso de infecção pelo rabidovírus, adquirido através de comportamento parafílico. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 9(1). https://doi.org/10.35919/rbsh.v9i1.711

Edição

Seção

Trabalhos de Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)