DISFUNÇÃO SEXUAL FEMININA

PERCEPÇÃO E IMPACTO NA QUALIDADE DE VIDA

Autores

  • Jéssica Nunes Ribeiro
  • Patrícia Alexandra dos Santos Schettert do Valle

DOI:

https://doi.org/10.35919/rbsh.v27i2.109

Resumo

Introdução: A falta de percepção sobre a própria sexualidade e o desconhecimento da resposta sexual, principalmente sobre o orgasmo, adicionados a conflitos conjugais, desencadeiam graves problemas emocionais nas mulheres, que alteram sua resposta sexual. Objetivo: Investigar a percepção e o impacto da sexualidade na qualidade de vida de mulheres. Metodologia: Este estudo foi realizado entre setembro de 2014 e fevereiro de 2015, em uma Clínica da Família no Rio de Janeiro (RJ), com 300 mulheres com idade média de 36 anos. Para a coleta de dados, foi realizada uma entrevista semiestruturada, e, para a análise dos dados, foram utilizados os programas Qualisoft 2013 e Excel. Resultados: A partir da análise dos questionários, pudemos observar que quase 10% das entrevistadas nunca sentiram orgasmo. Mais de 20% sente dor durante o ato sexual, e destas, 35% não procurou ajuda médica. Aproximadamente 70% sente ou já sentiu diminuição do desejo sexual. Além disso, 60% acredita que a relação sexual interfere na qualidade de vida, alterando o humor, o bem-estar e baixando a autoestima. Cerca de 70% das entrevistadas já realizaram a prática sexual sem estar com desejo. Conclusão: É crescente a preocupação da mulher em satisfazer seu parceiro e em ter um bom desempenho sexual. As entrevistadas percebem a importância da relação sexual para a manutenção da qualidade
de vida, que, para elas, é sinônimo de preservação da relação, acreditando que a falta de sexo pode interferir no humor e na autoestima. Portanto, submetem se ao sexo mesmo sem desejo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-03-19

Como Citar

Nunes Ribeiro, J. ., & Alexandra dos Santos Schettert do Valle, . P. . (2020). DISFUNÇÃO SEXUAL FEMININA: PERCEPÇÃO E IMPACTO NA QUALIDADE DE VIDA. Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 27(2). https://doi.org/10.35919/rbsh.v27i2.109

Edição

Seção

Trabalhos de Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)