MACHOS OU MASCULINOS? UM ESTUDO SOBRE CONSTRUÇÕES DE MASCULINIDADES E PRODUÇÃO DE CONDUTAS VIOLENTAS

Autores

  • Maria do Amparo Rocha Caridade
  • Helena Maria D. G. Raposo
  • Ana Patrícia L. Freire Lopes

DOI:

https://doi.org/10.35919/rbsh.v21i1.266

Palavras-chave:

Ser homem, Modelos culturais, Subordinação, Condutas violentas

Resumo

Este artigo baseia-se em uma pesquisa realizada na Universidade Católica de Pernambuco, em 2004, através do Programa Institucional de Base de Iniciação Científica, que teve como objetivos identificar relações entre modelos culturais de ser homem, a subordinação dos jovens a tais modelos e a produção de condutas violentas. Observou-se como modelos referenciais de masculinidade foram transmitidos socialmente ao longo de gerações, e que alterações foram propiciadas para a construção da subjetividade dos homens. Participaram desta pesquisa, 10 jovens, entre 20 e 30 anos. Trabalhou-se com Histórias de Vida, considerando-se que, através dessas narrativas, os sujeitos podem manifestar mais claramente os códigos, esquemas, e modelos que contribuíram para a construção de suas masculinidades. Na análise das narrativas buscamos identificar suas relações com os modelos culturais existentes. Os dados obtidos indicam que, para estes jovens, há satisfação com as construções da sua masculinidade, ficando clara porém uma insatisfação quanto aos modelos que subsidiaram estas construções. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-04-16

Como Citar

do Amparo Rocha Caridade, M. ., Maria D. G. Raposo, H. ., & Patrícia L. Freire Lopes, A. . (2020). MACHOS OU MASCULINOS? UM ESTUDO SOBRE CONSTRUÇÕES DE MASCULINIDADES E PRODUÇÃO DE CONDUTAS VIOLENTAS . Revista Brasileira De Sexualidade Humana, 21(1). https://doi.org/10.35919/rbsh.v21i1.266

Edição

Seção

REVISTA BRASILEIRA DE SEXUALIDADE HUMANA